AVAST Software: Mais 770,000 piratas e 2 no Vaticano

PRAGA, República Tcheca, 06 de dezembro de 2010 - Avast sempre se orgulhou em como o programa anti-vírus avast! se espalha de forma viral, com 80 por cento dos novos usuários vindos com as recomendações dos amigos satisfeitos. Mas a rápida expansão global de uma licença multi-usuário do avast! Antivirus Pro surpreendeu até a administração de topo da empresa.

O que começou como uma licença de 14 usuários para uma pequena empresa em Tucson, Arizona, emitida em 30 de junho de 2009, proliferou rapidamente para 774.651 usuários ativos no final de 2010. A licença foi utilizada em mais de 200 países que vão do Afeganistão ao Zimbábue - até mesmo o Vaticano. Fenomenal crescimento sim, mas com exceção dos originais 14 usuários, todos os outros são piratas.

"Nós tomámos a decisão para ver apenas a virulència desta licença do avast! Pro Antivirus poderia ser. A resposta é 'muito' ", disse Vince Steckler, CEO da Software AVAST. "Agora estamos no processo de transformação destes usuários piratas em legais."

A velocidade com que a propagação de licença pirata do Arizona foi acelerada por warez sites, uma fonte comum de filmes e programas baixados. "Nós encontramos o nosso código de licença num número de sites warez ao redor do globo", disse Steckler. "Há um paradoxo nos usuários de computador procura de 'livre' programas antivírus em locais com uma reputação conhecida para espalhar malware". Ele destacou que o download nestes locais não é isenta de riscos como o avast! Virus Lab tem exemplos documentados de sites warez distribuição de pacotes de um "cracked" programa antivírus combinado com malware.

Usuários da licença piratas foram seguidos pelo seu geographic IP address de mais de 200 países. "A lista contém quase todos os países já ouvimos falar - e alguns que não", brincou o Sr. Steckler. Rússia, o país com o maior número de usuários da licença pirata, ainda tem menos de 9% do total. Sem licenças piratas identificados no Pólo Norte, o local mais inesperado é que os dois computadores localizados dentro do Vaticano.

Top dos Doze Mais Piratiádos*

  1. Russia
  2. Mexico
  3. Brasil
  4. Italia
  5. Espanha
  6. USA
  7. India
  8. Philippinas
  9. França
  10. Ukrania
  11. Argentina
  12. Tailandia

*dados dos relatórios internos do uso da licensa pirata, organizados por país.

Ao utilizar a licença pirata do avast! Antivirus Pro, mais de um quarto de um milhão de computadores tiveram acesso ao mecanismo do avast! antivírus com duas features adicionais. "Pro tem o seguro de virtualização e um escudo Script para verificação de vírus de script do Internet-transmissíveis ", disse Mr. Steckler. "No entanto, o mecanismo de antivírus no Pro é o mesmo utilizado em todo a linha de produtos avast!, incluindo o avast! Antivirus Free ".

avast! Illegal Use Warning

Aos usuários identificados foi enviado um aviso pop-up informando o usuário que tinha um licença pirata avast! e que seria cortado das atualizações do banco de dados de vírus. Tendo eles a opção de converter para o avast! Antivírus gratuito ou comprar o avast! Antivirus Pro.

O seu browser IE é obsoleto.

1. A 8 de Abril de 2014, a Microsoft deixa de dar suporte aos browsers Internet Explorer a executar no Windows XP. Isto colocará o seu computador e dados, tal como cartões de crédito e informações de online banking, expostos a um risco maior a hackers e malware.

2. Existem vários browsers como alternativa, mas nós na AVAST usamos e recomendamos o Chrome, até porque achamos que é a opção mais segura disponível.